quarta-feira, dezembro 29, 2010

Marcas do que se foi ²º¹º...

Esse ano foi bastante intenso. Momentos fortes, marcantes, alguns dá pra dizer que foram os mais felizes de minha vida, outros nem tanto...
Mas, normal, né? Aliás, a vida é assim mesmo. E tenho certeza que esse “contexto” de retrospectiva acontecerá sempre, com a diferença das novidades e acontecimentos.

Conheci pessoas maravilhosas, fortaleci a base de amizades que quero por toda a vida. “Descobri” partes importantes que foram de um passado onde eu sentia, mas não entendia; hoje faz um sentido maior.
Reconheci pessoas que em algum momento da minha vida, fizeram história junto comigo. Nos reencontramos...
Amadureci mais. Aprendi a ser menos egoísta e permiti a vida me mostrar que apesar da perda, ainda temos pessoas caminhando conosco, e eu jamais estarei sozinha...
Realizei mais uma etapa dos sonhos que tenho. Fiz novas promessas. Cumpri as promessas passadas.
Busquei mais à mim... me permiti experimentar, apaixonar, aproveitar e VIVER...

Para 2011 eu quero crescer mais, conquistar, aprender, amar, ser amada, permitir novas etapas, buscar novos caminhos, tolerar...
Muita paz, saúde, união, respeito e amizade para todos!

Feliz ano novo!!!

Aos meus amigos, irmãos de coração e familiares, obrigada por caminharem comigo por mais um ano. 

EU AMO VOCÊS!!!!!!!!!!!!


Ps: Gostaria de deixar aqui uma foto de lembrança do cara mais importante da minha vida: MEU PAI. Ele está passando por um período muito delicado de saúde e não sei por quanto tempo ainda terei meu "protetor" por perto... Só sei que tudo que eu tenho hoje, cada conquista e só sou o que sou em questão de caráter e índole, por ter tido um grande pai na minha vida. "Meu querido, meu velho, meu amigo" eu te amo hoje, amanhã e SEMPRE... 



" Porque metade de mim é partida, mas a outra metade é saudade..."
(OswaldoMontenegro)

segunda-feira, dezembro 27, 2010

A força da mente

Somos o que pensamos ser;
Fazemos o que queremos fazer;
Acreditamos no que queremos acreditar;
E a força da nossa mente,
Faz nosso sonho se realizar...

Basta acreditar e buscar!

domingo, dezembro 12, 2010

É o que habita em mim

Sou a estrada muitas vezes em desalinho,
Eterno fio...
Sou o sol refletido no asfalto, no mar,
No rio...
Sou vida que nasce no ninho,
Passarinho...
Sou o fato do seu dia a dia,
Alegria...
Sou a sombra fresca onde descansas,
Ousadia...
Sou a vida renascendo a cada dia,
Fantasia...
Sou o vento que te acaricia,
Brisa do teu dia...
Sou a esperança trazida,
Bem vivida...
Nas asas de um querubim,
Meu anjo até o fim...
E te ofereço sempre todo dia,
A certeza de um carinho...
A amizade...
O eu te amo...
Uma paixão sem fim...
É o que habita em mim!

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Insana sanidade. Insônia, na verdade rs...

Talvez a vida seja isso: enquanto a gente brinca de pós-modernidade, ela está ali, sentada esperando que compreendemos tudo…
Talvez a vida seja isso: a busca sem fim da felicidade, da força, do amor... Aquela busca que todos desistimos uma vez na vida, mas ela se mantém ali, esperando que voltemos a buscá-la…
Talvez a vida seja isso: uma brincadeira entre nossas decisões e o que realmente deveríamos ter decidido. A hora em que a verdade e o correto ficam ali, esperando quando iremos percebê-los em nosso caminho.
Talvez a vida seja isso: uma compilação eterna e incessante dos nossos erros. E talvez a vida seja assim, feita de momentos de sanidade (ou "insana sanidade", como preferir rs). Momentos em que entendemos tudo, para daqui há alguns minutos apagarmos a realidade do nosso mundo...

PS: Juro que por hoje cansei de mim. rs Beijo!

O ser humano é mais ou menos

Somos a soma errada de um querer enlouquecido com um relógio que não pára. De um desejo completo com um mapa determinado. De uma vontade medrosa com todas as responsabilidades. Somos uma conta que não terminou. Um cálculo que não sabe para onde vai. Que diminui, que soma, multiplica e divide... Coloca um número sobre o outro, corta dos dois lados do sinal que indica, mas não garante: o resultado é o mesmo. Nossas contas não batem, a ordem dos nossos fatores alteram, e lá ficamos, deitados, nus, tentando calcular as impossibilidades da vida. Somos um fracasso matemático.

Gerundiando

Me perdendo
Me achando
Me querendo
Me inventando
Enxergando
Cometendo
Convencendo
Delirando
Vou vivendo
Vou buscando
Vou Lutando
Tô surtando...

Descompasso verbal

EU vou indo por aqui
TU me encontra por aí
ELE ainda há de vir
NÓS perdemos, e daí?
VÓS iremos mesmo assim
ELES hão de permitir...

quinta-feira, dezembro 02, 2010

Sen.ti.mentos

SAUDADE é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.

LEMBRANÇA é quando mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo.

ANGÚSTIA é um nó muito apertado bem no meio do sossego.

PREOCUPAÇÃO é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.

INDECISÃO é quando você sabe muito bem o que quer mas acha que devia querer outra coisa.

CERTEZA é quando a idéia cansa de procurar e pára.

INTUIÇÃO é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.

PRESSENTIMENTO é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem exista.

VERGONHA é um pano preto que você quer pra se cobrir naquela hora.

ANSIEDADE é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.

INTERESSE é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.

SENTIMENTO é a linguagem que o coração usa quando precisa mandar algum recado.

RAIVA é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.

TRISTEZA é uma mão gigante que aperta seu coração.

FELICIDADE é um agora que não tem pressa nenhuma.

AMIZADE é quando você não faz questão de você e se empresta aos outros.

CULPA é quando você cisma que podia ter feito diferente, mas, geralmente, não podia.

LUCIDEZ é um excesso de loucura ao contrário.

RAZÃO é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.

VONTADE é um desejo que cisma que você é a casa dele.

PAIXÃO é quando apesar da palavra 'perigo' o desejo chega e entra.

AMOR é quando a paixão não tem outro compromisso marcado.

E os sentimentos como um todo, formam esse bando de malucos sensacionais que somos.

- Tô refletindo...

quarta-feira, dezembro 01, 2010

Dezembros

Todo ano passamos pela mesma sensação.
Eu por exemplo, penso:
"meu Deus, ontem era Janeiro, amanhã já será de novo".
Cada dia que passa, mais veloz o tempo fica...
Com mais intensidade avança...

Dezembro começa. Novembro termina.
Lembrança eterna que me fascina...

segunda-feira, novembro 29, 2010

Seu ponto de interrogação

Sou o cárcere que te priva
Que te liberta
Que te magoa
Por motivo qualquer,
Em instante qualquer...

Sou um fragmento de tudo
Que te traz o confuso querer,
Que te dá prazer...

Sou um pedaço do mundo,
Que gosta do cheiro,
Que gosta do corpo molhado do ser...

Sou um apêndice insano, egoísta...
Um detalhe que te destrói um pouco,
Que te faz chorar,
Que te faz pensar,
Que te faz amar...

Sou para você um pouco de tudo,
Um pouco de nada.
Um corpo,
Um vulto,
Um desejo,
Um motivo de agonia,
Um motivo de satisfação

Sou o que sou
E ainda assim você me ama
Desabrocha e chama
Sou sua insana razão...

Não desista desse ponto
Que bate aqui e bate aí...
Que pulsa como o coração.
Literalmente sinto que sou
Seu ponto de interrogação...

Recomeço

Um dia após o outro
É o que temos a viver
Pensando no amanhã
Vivendo no hoje
Sem medo de perder...

Vamos agora mesmo
Parar e apagar as mágoas
Abrir portas fechadas
Olhar por janelas escancaradas
E viver de alma lavada...

domingo, novembro 28, 2010

Novamente a música fala por mim...

Você foi...
O maior dos meus casos
De todos os abraços
O que eu nunca esqueci

Você foi...
Dos amores que eu tive
O mais complicado
E o mais simples pra mim

Você foi...
O melhor dos meus erros
A mais estranha história
Que alguém já escreveu

E é por essas e outras
Que a minha saudade
Faz lembrar
De tudo outra vez.

Você foi...
A mentira sincera
Brincadeira mais séria
Que me aconteceu

Você foi...
O caso mais antigo
E o amor mais amigo
Que me apareceu

Das lembranças
Que eu trago na vida
Você é a saudade
Que eu gosto de ter
Só assim!
Sinto você bem perto de mim
Outra vez...

Me esqueci!
De tentar te esquecer
Resolvi!
Te querer, por querer
Decidi te lembrar
Quantas vezes
Eu tenha vontade
Sem nada perder...

Ah!
Você foi!
Toda a felicidade
Você foi a maldade
Que só me fez bem
Você foi!
O melhor dos meus planos
E o maior dos enganos
Que eu pude fazer...

Das lembranças
Que eu trago na vida
Você é a saudade
Que eu gosto de ter
Só assim!
Sinto você bem perto de mim
Outra vez....
(RobertoCarlos)

sexta-feira, novembro 26, 2010

-.-

"Dias vão, dias vêm, uns em vão, outros nem
Quem saberá a cura do meu coração se não eu?
Não creio em santos e poetas
Perguntei tanto e ninguém nunca respondeu
Melhor é dar razão a quem perdoa
Melhor é dar perdão a quem perdeu"
(ZecaBaleiro)

A atual sensação

É como se eu fosse apaixonada por chocolate e sonhasse com um bombom que muitas pessoas gostam como eu. Mas poucos podem tê-lo. Daí alguém chega como se fosse um ser humano do bem e te dá esse bombom dos sonhos. Mas não te deixa abrir o embrulho por completo...
Por esse "presente" ter sido tão desejado, por tanto tempo, você o aceita como tem que ser. Não cobra e nem se cobra... Olha pra ele e pensa nele todos os dias, mas não tem a necessidade de abrí-lo, pois pode perdê-lo...
Então você acredita que ali por trás do embrulho, está o seu tão sonhado bombom de chocolate...
Você crê nisso, porque é o que te convém. É o que te faz bem. É o que te faz feliz...
Mas como tudo na vida, há um tempo...há um momento...há uma "validade" para que cada coisa dure. Daí você guarda o presente recebido e cuida dele por um ano, como se tivesse sido o melhor presente da sua vida...
Até que o papel do embrulho vai se desfazendo, pois a validade está chegando ao fim...
E a cada dia, um pedaço cai no chão e você vai conseguindo ver o que tem por dentro...
E você continua amando aquele presente, porque não acredita que não possa ser real. Enfim...
Até que por uma "força estranha"...Divina...Que só pode ser coisa de Deus...
Faz desmanchar todo o embrulho..........................
E você olhou para aquele presente o tempo inteiro com os olhos do coração,
e a partir desse momento, os olhos da razão é o que enxerga a verdade...
E a verdade é a dor de descobrir que aquele bombom dos sonhos era uma farsa.
Uma mentira. Um bombom falsificado...
E você se pergunta: "Como assim?" / "COMO ASSIM?" / "COMO?"
E o seu chão é aberto por um abismo sem tamanho e definição...
E junto com as perguntas, vem as "dúvidas" e o encaixe de cada uma delas...
E o sentimento de perda, é ainda maior... Porque quando se acredita, se acredita por completo e não há um pedacinho que não possa ser...
E daí você chora...chora...chora...e chora mais uma vez.
Só mais UMA VEZ!
...

Pois bem... É assim que eu estou me sentindo...
E essa é a última vez que vou chorar por isso, porque eu fiz o que eu tinha que ter feito.
Fui EU MESMA MESMO o tempo inteiro.
Sem ter em momento algum, uma farsa se quer.
Eu me doei por completa e fui verdadeiramente apaixonada por cada momento que aconteceu...
Mas a validade se esgotou.
E agora acabou...

PS: "Você jogou fora, o amor que eu te dei.
O sonho que sonhei. Isso não se faz.
Que pena, QUE PENA amor..."

O teu disfarce acabou...

Durante um ano você me fez sorrir e me fez bem...
Mas não foi quem eu pensei que fosse...
Não falei com quem eu pensei que falava...
O eu te amo que te disse, não era para você...
Poderia até ser, se você não fosse uma farsa...
Se você não tivesse mentido, enganado, fingido, por tanto tempo...
O carinho que te dei, foi verdadeiro, mas não resta mais nada...
Você tantas vezes me disse que não gostava de mentiras...
Quando na verdade, VOCÊ SEMPRE FOI UMA MENTIRA!!!
Tá doendo pra cacete, você não sabe o quanto...
Não consigo ter raiva de você...Não tenho rancor...
Mas tenho pena...por você não conseguir ser quem é...
A ponto de se passar por outra pessoa e se fazer de feliz por isso...
É lamentável...É triste...Não acredito que você consiga ser feliz assim...
Passamos por momentos tão únicos e eu pensando que era real...
Eu gostei de você independente de você ser quem dizia ser...
Mas a forma que você fez tudo parecer, é que estragou...
Se você tivesse sido você o tempo inteiro, poderia te amar como
amo a pessoa que você se fez passar...
Nesse momento muita coisa faz sentido...
Outras nem tanto, mas pensando mais fundo, há um sentido, SIM!
Só queria entender...de que valeu tudo isso?
Você agora está sozinha...E está sofrendo...
Porque eu sei o quanto isso aqui era bom pra você TAMBÉM...
De que valeu? Você se sente bem agora?
Por que deixou ir tão longe? Por que iludir pessoas do bem?
Por que não enxergou que uma hora tudo viria à tona?
Olhe para trás...Veja o vazio que você deixou...
O buraco que você tentou tapar por UM ANO...
O abismo que você criou e agora se tornou REAL para nós...
Tudo poderia ser diferente...
Tudo poderia ser DE VERDADE...
Se você não fosse tão burra...
Tão doente...
Tão egoísta...
Tão mesquinha...
TÃO COVARDE!!!!!!!!!!!!!

Vou sentir falta da pessoa que um dia disse ser minha amiga...
Mas amiga não mente...Aliás, EU SEMPRE fui sua amiga...
Mas você NUNCA FOI MINHA!
E o que me resta?

...

O aprendizado...
A desconfiança...
O lado sagaz...
A mágoa...
O desapego...
A desilusão...

Espero que em algum momento da sua vida, você pague pelo que fez...
Que não seja como vingança... Mas que doa como está doendo, aqui, agora...

quarta-feira, novembro 24, 2010

Teu acaso, meu destino

Quis o acaso e o destino...
Que você surgisse na minha vida
Que a tua vida cruzasse com a minha...
Que o meu olhar te cativasse
E o meu sorriso te encantasse...

Quis o acaso e o destino...
Que nós fossemos amigos
Que eu cuidasse de você e você de mim...
Que a nossa amizade
Fosse selada na cumplicidade...

Quis o acaso e o destino...
Que ficassemos inseparáveis
E sempre próximos um do outro...
Que a gente se tenha encontrado
Para terminarmos o que ficou inacabado...

Atração

Beijando minha nuca
- entre os fios morenos -
você suspira e eu tremo...

domingo, novembro 21, 2010

O seu segredo

Não se sabe de onde vem
Nem seu nome nem seus objetivos
Curiosidade do desconhecido
É o que convém...

A todos ofusca seu brilho
Despertando cada vez mais,
A curiosidade de quem se aproxima
E assim se faz...

Que mistérios trarão com ela?
Por quê não se rasga e mostra,
Sua face, seus mistérios?
Revele para o que veio
E mostre seus anseios...

Sei que é bem reservada
Forte e também determinada
Não é mulher de ter medo
Ser misteriosa é o seu segredo...

quinta-feira, novembro 18, 2010

♫ ♪

Deixa estar que o que for pra ser vigora
Eu sou tão feliz
Vamos dividir...

Os sonhos
Que podem transformar o rumo da história
Vem logo
Que o tempo voa como eu
Quando penso em você!
(Maria Gadú)

O que é que há?
O que é que tá se passando com essa cabeça?
O que é que há?
O que é que tá me faltando pra que eu te conheça melhor?
(Fábio Jr.)

Teus sinais, me confundem da cabeça aos pés
Mas por dentro eu te devoro...
Teu olhar não me diz exato quem tu és
Mesmo assim, eu te devoro...
(Djavan)

segunda-feira, novembro 15, 2010

Eu me rendo

Com sede e evidente desejo
Meu vestido você rasga
Bem como minha lucidez
Mãos ageis transpõem os limites da seda
Que oscilantes escorregam

Dedos mágicos brincam e tatuam minha pele
Aniquilam minha resistência
Dissipam meus medos
Redecoram minha anatomia

Desejo que vem como vapor
Da sua boca com sabor...
Penso em devorar-te
Cada suspiro à mais
Me faz...
Sentir
Sorrir
Vibrar
Gozar

Deite sobre mim agora
Não pense em nada mais
Me devora...
E esqueça o que um dia eu neguei
Agora somos só nós
E por ti me renderei...

quarta-feira, novembro 10, 2010

Eu me acerto

terça-feira, novembro 09, 2010

Escolhas...

Odeio ter que escolher!
Não importa a escolha, eu sofro.
Qualquer coisa, qualquer pessoa, qualquer presente, qualquer treco.
Mas hoje é um dia que se eu pudesse escolher, escolheria uma nuvem.
A mais alta que existisse...
Onde eu pudesse ter uma vista ampla do mundo...
Onde eu conseguisse sentir o verdadeiro sentido de tudo que acontece...
Onde eu pudesse, talvez, entender muito do que acontece e, o por quê que acontece...
Onde eu pudesse voar...

"O tempo que conduz, é o mesmo que separa"
(IsabellaTaviani)

segunda-feira, novembro 08, 2010

É por aí...

Um dia quero mudar tudo
No outro eu morro de rir
Um dia tô cheia de vida
No outro não sei onde ir
Um dia escapo por pouco
No outro não sei se vou me livrar
Um dia esqueço de tudo
No outro não posso deixar de lembrar,
Um dia você me maltrata
No outro me faz muito bem,
Um dia eu digo a verdade
No outro não engano ninguém,
Um dia parece que tudo tem tudo prá ser o que eu sempre sonhei,
No outro dá tudo errado e acabo perdendo o que já ganhei...
[...]
Um dia eu sou diferente
No outro sou bem comportada
Um dia eu durmo até tarde
No outro eu acordo cansada
Um dia te beijo gostoso
No outro nem vem que eu quero respirar
Um dia quero mudar tudo no mundo
No outro eu vou devagar
Um dia penso no futuro
No outro eu deixo prá lá
Um dia eu acho a saída
No outro eu fico no ar
Um dia na vida da gente
Um dia sem nada de mais...
Só sei que eu acordo e gosto da vida
Os dias não são nunca iguais!

(Paulo Freire e Swami Jr.)

domingo, novembro 07, 2010

Não me impeça de viver

Não é querendo ser meu dono, que você vai me ganhar;
Não é colocando ordens, que as coisas vão funcionar;
Não sou uma boneca e nem pretendo ser;
Olhe para frente, cresça, não me impeça de viver!

Não vou abrir mão de amigos que existiam antes de você;
Não te impeço um por cento, do que você tenta fazer;
Não queria terminar com o que poderia ser;
Mas você é assim...
Ou é da sua maneira, ou acaba e põe um fim.

Desculpe não ser como você queria,
Mas a vida não é feita só de alegria;
Tá complicado pra você?
Pra mim nem se compara...
Ter uma vida cor de rosa, é uma coisa rara.

Um dia você vai me compreender,
Quando você também tiver que eleger
Entre a razão e o coração...
E aí você vai ver...
Que poderíamos ser felizes, sem ter que escolher.

sexta-feira, novembro 05, 2010

Rotina

O melhor da minha rotina, é saber que todos os dias, vocês estarão aqui. Que a distância é só um detalhe para aumentar a vontade de nos 'encontrarmos' mais um dia. Já não consigo mais viver sem vocês. Fazem parte da minha vida, da minha rotina. Amoooo minhas panteras!

terça-feira, novembro 02, 2010

Apenas uma observação...

Em alguns momentos da vida, paramos para fazer escolhas, que podem mudar nosso destino.
Em alguns momentos escolher apenas um ou dois caminhos, é doloroso.
Abrir mão de coisas que fazem um bem infinito ao nosso coração, porque a vida cobra e nem sempre dá para ter tudo ao mesmo tempo, sendo enxergado pelo olhos de quem está de fora, parecendo não fazer um bem tão grande assim, dói mais ainda.
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta de quem nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.

Acabei de sair do blog de uma amiga que acompanho constantemente e li uma frase que me doeu no peito por tão linda, forte e verdadeira que é, que também me impulsionou a colocar para fora um pouquinho do que ainda não saiu completamente. Essa é a frase:

"Que nos fere pelo amanhã que nos limita"
(eumesma)

Sem mais.

quarta-feira, outubro 27, 2010

Sinais de amor

Um abraço seu é mais que um simples "carinho"
É querer estar sempre perto
É vontade de parar o tempo
É sentir minh'alma encostar na tua
É te amar e me sentir só sua

Um beijo seu é mais que uma simples "atitude"
É sentir o calor dos teus lábios
É querer calar palavras
É mostrar o momento
É um sinal de livramento

Uma palavra sua é mais que um simples "som"
É me prender a atenção
É ensinar uma lição
É entender e explicar, sem precisar me esforçar
É o que eu preciso ouvir e não consigo falar

Um carinho seu é tudo que eu preciso
É o que me faz sorrir
É o que enche meu coração de alegria
É um momento além da fantasia...

PS: Obrigada pelos momentos em que passamos juntos nesses 16 meses... Que venham muitos e muitos outros meses... eu te amo! =)

quarta-feira, outubro 20, 2010

Decifra-me em palavras...


Sonhei com você.

Era para ser bonito.

Tentei falar contigo.

Ouvi o que não devia.

Desisti...

Não é culpa sua.

Não é culpa minha.

E não há culpado algum...

Decifra-me em palavras.

Há algum sentido em vida.

Há algum sentido em essência.

Como te evitar?

Estranha sensação de te "sufocar".

Ruim sentimento de te "atrapalhar".

Afaste de mim esse pensar.

Posso querer até sumir...

Só para te libertar, dessa vontade de gritar.

domingo, outubro 03, 2010

Atacando as entrelinhas...


Quando você alcança além do esperado...

Sensação de um sonho mais que realizado...

Alegria sem fim por buscar um momento que dura segundos,
e ganhar simplesmente a honra de fazer parte do dia-a-dia...

Vontade de ter para sempre a oportunidade de estar presente...

Deixar de enxergar como algo intocável e sentir cada vez mais próximo...

Encontrar no olhar o que a boca não diz...

Entender as entrelinhas da própria pessoa, e rir... rs

Prestar atenção em cada gesto, e um deles ser para você...

Sentir a presença no som da voz...

Sentir o carinho igual no calor das palavras...

Entender sem que tenha que ser totalmente claro...

Compreender quando some e confessar a falta que te faz...

Brincar como amigos de infância...

Participar da vida quando a escolha não foi sua...

Aceitar o destino e amá-lo cada dia mais por esse presente...

Causar um bem sem fim...

Onde o fim, ainda não termina...

Onde as palavras não sabem definir...

Onde a outra vida, pode ser a explicação, ou não...

Onde a explicação é algo banal, de TÃO BOM que é...

Onde a ficha não cai, por fazer parte de um sonho...

Onde o sentimento é TÃO GRANDE que nem isso aqui tudo junto dá pra tentar explicar...

Não sei nem como terminar...

Acho até que nem vai dar...

Ainda há muita vida para contar...

Só agradeço a Deus pela generosidade que me dá...

PS: "Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito, enquanto dure..."

Meu beijo! =)

sexta-feira, setembro 24, 2010

Amigo é vida...

Amigo é quem te dá um pedacinho do chão,
quando é de terra firme que você precisa...
É quem te dá um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta...
É quem não tem egoísmo...
É quem dá e não espera o retorno, porque o ato de compartilhar já satisfaz...
É quem já sentiu ou um dia vai sentir o mesmo que você...
É aquele que entende seu desejo de voar, ou de sumir...
É quem fica enfurecido ao enxergar o seu erro, embora, saiba que a perfeição é utopia.
Amigo é o sol que seca suas lágrimas...
É mais que mão estendida, é mente aberta, coração pulsante, costas largas...
É quem tem coragem de tocar tua ferida, não para machucar mais, e sim, te ajudar a acertar da próxima vez...
É quem vibra com tuas vitórias tanto quanto você...
Quem faz piadas para amenizar o problema...
É quem te prova a descoberta daquilo que você nem sabia que buscava...
É quem te ouve ao telefone, com a mesma atenção de quem está te olhando nos olhos...
Amigo é a luz que te renova a cada instante...
Aquele que não se cansa de dizer "te amo", e te ama na essência do teu ser...

O Amigo de verdade é tudo...
É verdade
É razão
É sonho
É sentimento

Amigo é para sempre...
É o refúgio
O colo
O ombro
O abraço
O beijo
O amor...

Amigo é vida!



Para meus amigos:

"Quero ser teu amigo, nem demais, nem de menos...
Nem tão longe, nem tão perto...
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te como próximo, sem medida...
Ficar sempre em tua vida da maneira mais discreta que eu souber...
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar...
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for a hora de calar...
Sem calar, quando for a hora de falar...
Nem ausente, nem presente demais...
Simplesmente, calmamente, ser-te a paz!" (F.Pessoa)

Te amo!

Tédio

Hoje tô com muita vontade de escrever, mas nada sai.
Tentei algumas coisas aí, aqui, ali, e nada...
Vou falar então sobre o vazio...











Fim.

Sentido

Para o amarelo, o sol
Para o azul, o céu
Para o verde, as folhas
Para o vermelho, o sangue
Para o roxo, o luto
Para o laranja, a fruta
Para o rosa, a rosa.

Para a vida, as cores.

Essência.

Em um mundo que dá voltas, sem voltar...
Em um mundo onde nada se encontra, eu te encontrei!
Em um mundo onde tudo é mentira,
Em um mundo que não busca vida, eu te encontrei...

Eu te encontrei!!!

segunda-feira, setembro 13, 2010

Ensaio de Cores, colorindo meu dia...

Atendendo à pedidos, vou contar um pouquinho como foi o show de sábado (11/09) no Vivo Rio.
Foi a primeira apresentação do Ensaio de Cores no Rio de Janeiro, estavam todos muito ansiosos, inclusive eu, que não pude ir para Sampa quando ela estreiou o projeto.
O Show é muito rico, tanto em palavras, cores, melodias, quanto na delicadeza de uma pequena banda que dá TOTAL conta do recado. Essa foi uma das coisas que mais me chamou atenção, um palco relativamente "grande" para apenas 4 pessoas darem um GRANDE SHOW!
Lindo o repertório, linda a sintonia entre as moças da banda com a Ana, a maneira de interagir e brincar com a galera.
O Ensaio de Cores, é um show bem tranquilo, onde você não fica pulando como nos shows de "turnê" da Ana, confesso inclusive, que fiquei inquieta em ter que ouvir "garganta" ao vivo sem pular rsrs
Maaas, como ninguém estava pulando, eu que não ia pagar o mico de pular sozinha, ABAFA! hehe
E como eu estava dizendo, é um show "família" mesmo, onde tem momentos para rir, para se emocionar, para realmente fica prestando atenção na letra, para não se perder rsrs.
O repertório que a Ana escolheu, é muito rico e intenso, diria até "difícil", eu por exemplo, ainda estou ensaiando a música "Todas elas num só ser", porque vamos combinar, música grande e difícil da porra rsrs
Mas de um modo geral, o show está DIVINO, ouvi até pessoas dizendo que esse show poderia virar turnê porque vai bater saudades, e isso é fato!
Sou muito suspeita a falar sobre a Ana, ou qualquer trabalho realizado pela mesma, porque realmente é difícil algo que ela faça não me agradar, e isso não é porque sou fã, pois não sou cega a ponto de não enxergar uma falha, mas é o fato dela realmente
procurar fazer sempre o melhor de si, e eu estar sempre disposta a enxergar esse melhor.
AMEI o ensaio de cores, e pra mim foi um pena não ter podido assistir as duas apresentações, mas só o sábado já valeu pra mim, foi um belo show!!!

Set-list:

1. Rai das Cores (Caetano Veloso)

2. As Telas e Elas (Ana Carolina)

3. Alguém me Disse (Jair Amorim e Evaldo Gouveia)

4. Carvão (Ana Carolina)

5. Todas Elas Juntas num Só Ser (Lenine e Carlos Rennó)

6. Azul (Djavan)

7. Violão (Sueli Costa e Paulo César Pinheiro)

8. Feriado (Chico César)
/ O Amor É Rock (Tom Zé)
/ Entre Tapas e Beijos (Nilton Lamas e Antônio Bueno)

9. Duo de pandeiro - com LanLan

10. Pra Tomar Três (Ana Carolina e Edu Krieger)

11. Cabide (Ana Carolina)

12. Heroína e Vilã (Ana Carolina e Totonho Villeroy)

13. 10 Minutos (Ana Carolina e Chiara Civello)

14. Claridade (Ana Carolina e Aleh)

/ Só Fala em mim (Ana Carolina e Totonho Villeroy)

/ Pra Rua me Levar (Ana Carolina e Totonho Villeroy)

15. Força Estranha (Caetano Veloso)

16. Quem de Nós Dois (La Mia Storia Tra le Dita)
(Gianluca Grignani e Massimo Luca em versão de Ana Carolina e Dudu Falcão)

17. Eu Comi a Madona (Ana Carolina, Totonho Villeroy, Alvin L. e Mano Melo)

18. Garganta (Totonho Villeroy)

Bis:

19. É Isso Aí (The Blower's Daughter)



Agora vou contar a parte que vocês realmente estão querendo saber, né? rsrs

"O CAMARIM"...

Bem na minha postagem anterior a essa, eu confessei meu "surto" pelo número sete, e pessoas, CREIAM...
O sete provou mais uma vez que tem essa doidera de me dá sorte, gente, eu postei ANTES de tudo acontecer, e ACONTECEU...quem ainda não leu, dá uma lida, para não me achar tão louca, tudo faz um grande sentido pra mim rs...

E vamos lá:

Participei da GinkANA do Armazém Virtual e minha equipe "O Beat dos Beatos" ganhou "sete (risos)" etapas da gincana, liderando por várias vezes e chegando como vencedores da etapa final.
Por conta dessa vitória, ganhamos o prêmio master, que além de Cd's, Dvd's e afins, um dos prêmios era entrar no camarim.
Foi apenas por esse motivo, que eu e mais 4 pessoas (foto abaixo), conseguimos entrar no camarim.

Ana estava completamente "dada" à nós...
Brincando, gargalhando, fazendo graça, totalmente a vontade, o que nos deixa cada vez mais encantados por ela.
Foi um momento único pra mim, eu diria mais especial que todos os outros, tanto por estar entre amigos, quanto por motivos pessoais também, dessa vez eu precisava mais estar com ela...
Teve momentos hilários, como o tal "cisco" que tinha no olho dela, e pediu pra gente assoprar pra tirar e tal (RISOOOOS)
Daí Camila foi assoprar e preocupada se estavam gravando aquele momento, ela assoprou o lugar errado, aí a Ana disse:

"Olha pra mim cacete, tá assoprando meu nariz, o cisco é no olho"
E tipo...sabe quando tudo é tão perfeito que chega a dar um but no cérebro?
Momentos que você tem noção que aconteceu, mas é como uma miragem...
Dá um certo branco... rsrs
O importante é que qualquer coisa que eu tenha esquecido de contar aqui, está gravado e em breve estará no Youtube. É só aguardar...
Por enquanto, vejam algumas fotos desse dia tão especial, tão esperado, tão NOSSO...

"Momentos que são meus, e que não abro mão..."






Os outros Beatos:

Bianca

Camila

Janaína

Rhenan

OBS: Nossa equipe era formada por 9 participantes, mas nem todos puderam estar conosco nesse show. Em breve será a vez de Talita, Débora, Léo e Henrique.

E assim, termina mais uma noite com 5 fãs, onde a palavra "FELICIDADE" é pouco para definir o que sentimos...

No próximo post, vou contar a nossa madrugada na praia - "Pós-Show Ana Carolina" HAHAHAHA
Foi H.I.L.Á.R.I.O!
Aguardem...

Um beijo =)

sábado, setembro 11, 2010

Confesso...

Que cada dia mais amo meu número SETE.
Que ele me dá uma PUTA sorte na vida.
Que uma das sortes, por exemplo, foram as vezes que estive com a Ana Carolina.

Na primeira vez foi no dia 21/07/07, ou seja, tinha 7 pra dar e vender hehe.

Na segunda foi no dia 17/11/07, ou seja, somando os "1" da data, e multiplicando pelo 7, dá 21 q seria o dia da minha primeira vez. Oi? =P

Na terceira vez, foi no aniversário da Ana, no dia 09/09, que somando dá 18, e diminuindo, dá o tal sete, né minha gente? .q

E a quarta vez? Só pra constar, foi no dia 15/01 que esse nem dá trabalho, soma saporra toda e tá tudo certo...

E sabe, hoje, é o meu 25º SHOW, e tenho chances de entrar no camarim, porque minha Equipe da GinkANA ganhou SETE etapas da ginkana e por conta disso, vencemos.

Então só pra terminar minha loucura, o show de hoje é o 25º q somando o sete aparece só mais uma vez e fora q o dia tbm diz, né não Brasil?
Repara: 11/09/2010.

Se você diminuir só a data e o mês (11/09) dá sete. Mas só pra não ter ERRO, com o ano, dá 14 que é o dobro de 7, então, resumindo eu tô louca, varrida e

AMO MEU SETE!

quarta-feira, setembro 08, 2010

meu infinito particular


"Ser profundamente amado por alguém nos dá força;
Amar alguém profundamente nos dá coragem."

domingo, agosto 29, 2010

Querendo sonhar

Medo de perder
Querendo cada dia mais o querer
Do que possa ser
Do que viera ser
E assim sendo
Sempre querendo
Vou por dentro morrendo
De mansinho, mas correndo
Ao encontro do sonho
Aquele que posso sonhar
Do que viera realizar
Ainda assim querer
Te ter aqui comigo
Ser o meu ombro amigo
Abrigo...
Antigo...
E pra sempre te amar
Mesmo aqui de longe
Dentro de onde pode estar
Para sempre em meu sonhar...

quarta-feira, agosto 25, 2010

...

Não somos mais
Que uma gota de luz
Uma estrela que cai
Uma fagulha tão
Na idade do céu

Não somos o que queríamos ser
Somos um breve pulsar
Em um silêncio antigo
Com a idade do céu

Calma
Tudo está em calma
Deixe que o beijo dure
Deixe que o tempo cure
Deixe que a alma
Tenha a mesma idade
Que a idade do céu

Não somos mais
Que um punhado de mar
Uma piada de Deus
Ou um capricho do sol

No jardim do céu
Não damos
Entre
tanto tic tac
Entre tanto Big Bang
Somos um grão de sal
No mar do céu

Calma
Tudo está em calma
Deixe que o beijo dure
Deixe que o tempo cure
Deixe que a alma
Tenha a mesma idade
Que a idade do céu
A mesma idade
Que a idade do céu

(A Idade Do Céu - Paulinho Moska)

segunda-feira, agosto 23, 2010

O óbvio, nem sempre é tão óbvio

Quando devemos valorizar uma pessoa? Um momento? Um instante?
Quando devemos aceitar as coisas como são? Sem cobrar tanto, sem exigir tanto?
O ser humano tem a mania de reclamar de tudo e quer tudo ao contrário...
Quem tem tudo, por mais que tenha tudo, sempre sente falta de alguma coisa. Sim!
Sente e sempre sentirá, por que por mais que ao meu ver seja "tudo", para ele pode não ser nada. Acho que é tudo, por que não tenho igual, se tivesse, sentiria falta de outra coisa, talvez.
E é assim comigo, contigo, e com qualquer um... Vem de nós... Não tem jeito!

Mas e o valor? Também está no querer/poder?
Aquele querer que seja realmente do seu jeito? Da sua maneira?
Em coisas materiais é até possível moldar e até mesmo fazer como você quer.
Mas e as pessoas? Por que existem aqueles que nunca estão satisfeitos?
Por que exigem tanto? Se é isso que posso oferecer?
Por que julgam tanto? Se não conseguem fazer melhor?
Por que se decepcionam tanto?

A decepção, só vem quando queremos demais algo e quando não idealizamos, nos deprimimos, nos abatemos, nos machucamos...
Ok!
Mas então por que exige tanto? Já que corre o risco de não conseguir e se decepcionar?
Ok!
Estou aqui falando tudo isso, mas também já me decepcionei muito até pensar como hoje. Já quis morrer por achar que tudo dava errado. Mas me curei...
Sabe, as coisas acontecem muito mais facilmente, quando as deixamos que aconteçam por si só.
Quando não apressamos as coisas ou atropelamos pela ansiedade da conquista;
Quando você permite deixar as coisas acontecerem, usando a compreensão, a tolerância, a paciência...
Por mais que seja difícil esse processo, a chance de você conquistar o que quer, e sem se decepcionar, é TAMANHA!
(Digo por experiência própria.)

Não tem aquela música do Lulu que diz: "Vamos viver tudo que há pra viver. Vamos nos permitir" ?!
Então...é mais ou menos por aí. E é exatamente por aí que consegui deixar de pirar e viver melhor comigo mesma.
Parei de cobrar demais as pessoas e a mim mesma. Parei de esperar demais pelas pessoas e corri com minhas próprias pernas.
Parei de querer tudo do meu jeito e passei a observar e aceitar as coisas como são. Parei e vi que os meus "medos" só eram "medos"
por falta de coragem MINHA!
Parei e vi que nunca é tarde para tentar, acreditar, confiar, tanto em mim, quanto nas pessoas...
Enfim... tudo isso que estou aqui escrevendo, são coisas óbvias, não é?
Pois é, mas esse óbvio, eu só enxerguei depois de passar por certas coisas...

"O óbvio, nem sempre é tão óbvio..."

Vamos amar além da alma e aceitar aquele que você ama, sem exigir tanto...
Vamos alcançar juntos aquela conquista que tanto é idealizada, com cautela, para não ter o perigo de se decepcionar...
Vamos ajudar as pessoas sem esperar que a mesma te ajude...
Lembre-se que por mais que em algum lugar, haja uma outra vida, a SUA vida é essa AQUI.
E merece ser vivida, merece ter o melhor, com altos e baixos sim, mas sempre em busca do melhor...
Vamos deixar claro a pessoa que você ama, o quanto ela é importante pra você, faz bem a você e a ela.
Vamos sorrir e deixar o choro vir só se for de tanto rir... =)
Vamos valorizar enquanto podemos, deixar pra amanhã pode não dar mais tempo...
E amanhã, pode ser diferente de hoje, um ato errado hoje, pode escurecer o amanhã.

Vamos deixar a vida passar, sem disperdiçar o que ela oferece, cada segundo é um instante que não voltará!

Pare e pense. Mas não pare no mesmo lugar...

sexta-feira, agosto 13, 2010

Então...

Ontem foi o show de niver da JB FM no Citibank Hall/RJ.
Daí que a cantora escolhida para cantar na "festa" foi
a minha lindona Ana Carolina, nãoéam? *-*
Óbvio que eu não ia perder, mas neeem que me pagassem.
(vamos acompanhar u.u)

A cantora Chiara Civello fez a abertura do show, e foi também sua estréia com o CD 7752, que por sinal foi um espetáculo. Ela é toda tímidazinha, toda românticazinha, toda meiguinha, mas canta pra cacete e deu mais que conta do recado!
Um dos pontos mais altos da apresentação dela, ao meu ver, foram os momentos em que ela toca piano. Era percepitível os olhinhos da galera vidrados naquele mulherão tocando lindamente... Foi realmente emocionante!
O show foi LINDO! A galera curtiu MUITO! \o/

Logo depois da apresentação da Chiara, a platéia já tinha dado aquela aquecida, já estavamos com os corações cantantes (rs) e o Citibank ficou pequeno para o furacão Ana Carolina...Então...
Entra a pessoa no completo PODER de sedução, com aquele olhar fatal, cantando "10 minutos"...
O show da Ana foi meio Dois Quartos, meio N9ve. Não seguiu nem um set-list, nem outro, e essa foi a melhor parte, deu pra sentir um pouquinho de cada uma das turnês. *-*
A galera em TOTAL sintonia, como sempre 'nãoéam?', foi lindo!!!
Ana estava toda empolgada, toda sorrindente, nem conto pra vocês os olhares...(Meu DEUS!!!)
"Quem de nós dois", como sempre levou aquele coro maravilhoso e completamente emocionante. Eu, só pra variar, me emocionei até a alma! =')
Enfim...foi toda essa delícia que são os shows da Ana, vocês já estão carecas de saber que é sempre um arraso!!!

A diferença dessa vez, foram as participações de Mart'nália e Gilberto Gil. Foi muito bacana o encontro, a parceria...
Com Mart'nália, Ana cantou "Cabide", muito divertido aquele palco com essas duas figuras, eu ri muito!!!
Com Gil, "Torpedo", uma parceria muito legal também, adoro as firulas que o Gil faz, também foi divertido!
Ah, também teve "Resta", com a Chiara.
Logo depois das participações, Ana permaneceu com o show, que já estava quase no fim... (coração apertado, define! =/)

Mudei de mesa 2 vezes, ficando cada vez MAIS perto. Estava na A11, passei para A09 e acabei vendo metade do show na mesa da D.Cida, que assim que saiu para o camarim, corri pra A05. rsrs
E no final acabei em cima da cadeira, linda e bela pulando horrores com Garganta, Elevador...E por fim, TODOS juntos no palco, um momento lindo, empolgante e feliz. Chiara, Ana, Mart'nália e Gil, cantando "Aquele Abraço" (http://www.youtube.com/watch?v=zlCdlwaWS2g)
E os cariocas indo na onda do: "O Rio de Janeiro, continua lindo..." \o/ /o\ \o/

Só resta uma certeza, a cada show, mais quero MAIS. E não vejo a hora do dia 22 chegar, para vê-la novamente!!!
Foi ótimo matar a saudade que eu estava da Ana. Mesmo de longe, mesmo por olhares, mesmo pela equidistância...é impressionante a maneira, a magia, o sentimento que transborda aqui dentro. Não sei explicar...
"Sinto dizer, que amo mesmo, tá ruim pra disfarçar" =)

Maravilhoso também, rever aquela galerinha doida que eu amo, me divirto horrores. Estava com saudades das meninas!!! \o/

Respondendo as principais perguntas:

* Não rolou camarim com a Ana;
* A Sônia não me colocou pra dentro, como estavam comentando;
* Só teve o momento de autógrafos e fotos com a Chiara;
* E o show foi Maravilhoso!!!

Em breve, fotos e vídeos!! =)
Beeeeijo ♥

quinta-feira, julho 29, 2010

? x !



Entre o Coração e a Razão
Eis a questão?!

Coração impulsiona a fazer
Razão mostra o que há de ser

Coração tem força e conduz
Razão dá opções e traduz

No coração eu quero seguir
Mas a razão não vai me iludir

Então vamos lá...Eis a questão?!

E aqui, quem manda?

Meu coração diz que é minha razão!

quarta-feira, julho 21, 2010

O tempo não pára!

Hoje é um dia especial...
Marca mais um ano na história da minha vida.

OBS: Prometo ser breve! rs

Há 3 anos atrás realizei um sonho importante para mim.
Sou fã da cantora Ana Carolina (Oh, ñ me diga?! rs),
e durante 4 anos esperei pelo grande momento de poder
ir ao show dela e ter a oportunidade de "falar" com ela...

De 2003 à 2007... Uma espera sem fim...
Até que dia 21 de Julho chegou! \o/

21.07.07 - Não só fui ao show como entrei no camarim sem nunca ter tido contato com ninguém.

(Deus estava cansado das minhas orações rsrsrs)

Realizei, concretizei e marquei um momento ETERNO da minha vida.
Dentro desses 3 anos, tantos acontecimentos, tantas alegrias,
tantas conquistas, tanto crescimento, aprendizagem, tanta, mais tanta coisa...
Enfim, hoje eu amo MAIS, admiro MAIS, quero MAIS e por fim...se não for pedir muito, quero que o PRA SEMPRE dessa vez, possa realmente existir e ser PARA SEMPRE!

Hoje eu entendo um mundo que era fechado pra mim;
Aceito a vida como ela é e não tenho medo de tentar/errar;
Conheci pessoas maravilhosas que nenhum outro motivo, faria
com que nossos caminhos fossem traçados, como foi...
Descobri e continuo descobrindo que para ser feliz, basta se "entregar"
à vida e aproveitar as oportunidades que vier.
Que quando achamos "impossível" alguma coisa,
é porque você realmente não crê na sua vontade.
Que a coragem existe e merece ser exercida!

Eu não vou me empolgar (risos), mas confesso que estou MUITO FELIZ
em saber que o tempo não parou e que a cada dia, mais tenho orgulho
de não ter desistido das coisas que eu realmente quis pra mim.
Pode parecer uma grande bobagem para uns, mas quando temos um
sonho e ele é alcançado, e para alcançá-lo você passa pelos obstáculos,
a sensação de "eu quis", "eu tentei", "eu consegui" é mais gostosa...

Bem, eu só agradeço à Ana Carolina pela "revolução"
que fez na minha vida em tão pouco tempo, mas um tempo
tão intenso e significativo pra mim...
Pelas amizades que conquistei através;
Pela perseverança que é constante, graças a realmente
"QUERER" chegar à algum lugar;
Pelos momentos em que chorei e sorri,
mas sempre por momentos FELIZES;
E por tudo que ainda eu não conheço e daqui uns anos irei conhecer...

Ontem eu gostava, hoje eu amo MAIS!

Obrigada! É isso aí...

"E cada vez que eu fujo eu me aproximo mais..."


VINTE E UM DE JULHO DE DOIS MIL E SETE:
Canecão/RJ.

domingo, julho 18, 2010

Fazer de Conta

Vamos fazer de conta

Que há uma força invisível
Que move as folhas das árvores
Que a natureza jamais descansa
Que amor está próximo

Que a felicidade é densa
Que cada dia é cheio de som
Que cada letra é repleta de luz
Que cada voz é completa harmonia

Que sou o começo e o fim
O Alfa e o Ômega
Que o coração do tempo
Se faz memória
Elevo à potência de sonho
Capaz de criar
e com o fio do sentido
Com evidências não lógicas
carregadas de forças...

Vamos fazer de conta
Vamos agora sonhar...

domingo, julho 04, 2010

Vem de você

Foi você que fez nascer
O amor em mim...
Sem querer
Te encontrei
E me perdi

Escrevi essa canção
Com flores e estrelas
Tristeza e solidão
E antes que eu esqueça
A melodia vem do amor

Foi você que fez nascer
O amor em mim...
Sem querer
Te encontrei
E me perdi

Escrevi essa canção
Com flores e estrelas
Tristeza e solidão
E antes que eu esqueça
A melodia vem do amor

Então vem de você...

PS: Linda música. Linda melodia.

(Dryka - http://bit.ly/9i2PQm)

domingo, junho 13, 2010

Meu Jardim

(Vander Lee)

Tô relendo minha lida, minha alma, meus amores
Tô revendo minha vida, minha luta, meus valores
Refazendo minhas forças, minhas fontes, meus favores
Tô regando minhas folhas, minhas faces, minhas flores
Tô limpando minha casa, minha cama, meu quartinho
Tô soprando minha brasa, minha brisa, meu anjinho

Tô bebendo minhas culpas, meu veneno, meu vinho
Escrevendo minhas cartas, meu começo, meu caminho
Estou podando meu jardim
Estou cuidando bem de mim

quarta-feira, junho 09, 2010

Arte de Sorrir

A arte mais simples
O momento de expressão
Aquele abertinho que marca a covinha
E cativa nosso coração

O Sorriso é maroto, bonito, sincero
É o brilho explícito de emoção
Triste ou feliz
Feliz ou triste
Não há como fugir
Uma hora ele aparece
Não tem como resistir

É uma das artes mais belas
Todos possuem e deixam fluir
Essa é a nossa arte...

Arte de SORRIR!

segunda-feira, junho 07, 2010

Meu Espelho

Sou o que sou e o espelho nada revela
Em bela casa esconde-se minha alma
Com calma transparência alguém vê
E o que vê nem todos podem saber

No espelho uma imagem a refletir
Sentir esta que em mim pode habitar
Amar ela ama o que nem sabe dizer
E ama e vive como pode bem viver

Imagem que o espelho está a esconder
Não digo não falo só tento entender
E aceito o que em mim é delicado
Nada é dito e nada pode ser falado

Em mim tantas dúvidas a se refugiar
Muitas quantas não devo nem ter
E o que o espelho pode ainda guardar
Evidentemente nem você poderá ver

Silêncio total sou eu diante de mim
Olho meus grandes olhos de marfim
Segredo especial no fundo da mente
Apenas meu coração é que tudo sente

terça-feira, maio 25, 2010

-

Isso não é poema.
São apenas idéias
Palavras
Sensações esquisitas
Que povoam uma mente infértil

Isso aqui não é nada.
É dor passageira
É folha levada ao vento
Numa calçada esburacada e suja

Isso aqui é apenas isso
Não é mais que isso
E nunca será...

Isso passa longe de ser
Algo que se possa questionar
De alguma forma profunda

Isso aqui é algo mais próximo de nada
Ou de uma coisa tão desproporcionada
Que beira ao vago

Ao oco
Ao tosco
Sombrio
Vazio

Isso é...
Isso é!
Isso é?

Isso não passará disso
E nunca ousará passar
Nunca buscará passar
Isso aqui sabe o seu lugar.

Isso é isso.
E por ser isso

Basta!

quinta-feira, maio 20, 2010

Ventania

Ar que envolve
Refresca
Arrepia
Ar que define vida
Ventania

Vento quente
Levanta poeira
Apaga a lareira
E volta a queimar

Vento frio
Provoca arrepio
Sem medo desse vazio
Que aqui teima em reinar

Vento que leva

Carrega

Faz voar

Vento que vai
Que volta
Que rastros irá apagar

Vento que é ventania
Refresca meu dia
E em algum momento será...

Vento que passou
Carregando
Assoviando
Separando a poeira
Que teimava em ficar

O mesmo que me trouxe aqui
E bem por ali irá esperar...
Esperar por um novo começo
Daquela vida vazia que não irá voltar

Vento que ensiou-me um dia
Que toda alegria
Será ventania...

E logo passará!

segunda-feira, maio 10, 2010

Pontos equidistantes

Nossos corações são pontos equidistantes.
Pensei em traçar retas ou construir uma ponte
Por um momento ri de minha ignorância
Pode parecer tosco e coisa de criança

Agora parei e reli
Aqui a distância é fria
Como essa tela que olho agora
Mas vejo uma luz
Frente a mim
Dilatando minhas pupilas
Refletida em meus olhos

Acabo de entender
Que não há distância...
Que o menor caminho entre um ponto e outro

É um ponto!

Que podemos ser a ponte e a reta
Sempre infinitas e sem ligação
A infinitude é a ligação...

Sinto que sempre estaremos próximos!

Coração d'água

Meu coração é:

Como as águas dos rios
Coração amazônico
Que seca, mas corre
Vive
Revive
Vai além...
É o mar do norte
É o mar doce
Profundamente doce...
Mar rico

Mar mítico

Que as serras não serraram
Que o fogo não destrói
Que o dinheiro não compra
Meu coração é grande e doce
Barrento
Lento
Escuro...
Mas doce.
Quando deságuo, exulto com a revelação
Descubro que também sou Oceano
E que o Oceano também é rio.